7 C
Bruxelas
Sábado fevereiro 24, 2024
ReligiãoCristianismoPresença cristã em perigo, deslocamento e assédio na Terra Santa

Presença cristã em perigo, deslocamento e assédio na Terra Santa

AVISO LEGAL: As informações e opiniões reproduzidas nos artigos são de responsabilidade de quem as expressa. Publicação em The European Times não significa automaticamente o endosso do ponto de vista, mas o direito de expressá-lo.

TRADUÇÕES DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE: Todos os artigos deste site são publicados em inglês. As versões traduzidas são feitas por meio de um processo automatizado conhecido como traduções neurais. Em caso de dúvida, consulte sempre o artigo original. Obrigado pela compreensão.

Presença cristã em perigo, a maioria das pessoas do norte de Gaza foram deslocadas, assim como os cristãos, cujas instalações também foram alvo.

À medida que os militares israelitas avançam na Cidade de Gaza para eliminar o Hamas, aumentam as preocupações sobre o potencial desaparecimento de cristãos na área, no meio de um êxodo crescente de habitantes de Gaza que fogem do território do norte, onde civis inocentes têm sofrido bombardeamentos contínuos israelitas durante mais de um mês.

Nashat Filmon, diretor do Sociedade Bíblica Palestina, que atende palestinos em Jerusalém, Gaza e Cisjordânia, recentemente informado Premier Notícias Cristãs que a maioria das pessoas no norte de Gaza foram deslocadas e que os cristãos, cujas instalações também foram alvo de ataques, não encontraram refúgio seguro.

A sede na Grã-Bretanha site do Network Development Group, que reporta internacionalmente notícias sobre questões que afetam Cristãos, citou Filmon em um artigo de 10 de novembro artigo como dizendo que a Sociedade Bíblica Palestina “perdeu espaço de escritório” e que dois funcionários estão se recuperando de ferimentos sofridos em um 19 de outubro Ataque aéreo israelense contra a Igreja Ortodoxa Grega de Santo Porfírio na Cidade de Gaza.

Centenas de palestinos de várias religiões refugiou-se na igreja e 16 cristãos palestinos estavam entre 18 pessoas mortas no ataque militar.

“Suas mortes foram manchetes em todo o mundo”, disse o Registro Católico Nacional declarado em 15 de novembro artigo. No entanto, os desafios enfrentados pela pequena comunidade cristã de Gaza têm recebido atenção limitada, acrescenta o artigo, citando a intensificação da ofensiva terrestre de Israel em Gaza, destinada a atingir os combatentes do Hamas incorporados em bairros urbanos.

Gaza é atualmente o lar de cerca de 1,100 cristãos palestinos, de acordo com o Inscrições artigo, que continha uma entrevista com Samuel Tadros, um estudioso do Oriente Médio que anteriormente foi membro sênior do Centro para Liberdade Religiosa do Instituto Hudson em Washington, DC 

Questionado sobre como os cristãos palestinianos têm sido tratados sob o domínio do Hamas em Gaza desde que o grupo islâmico chegou ao poder em 2007, Tadros respondeu que a comunidade enfrenta preconceito e assédio institucional, além de suportar ataques às suas instituições e empresas.

“Em todo o Médio Oriente, temos visto como estes movimentos islâmicos tratam os cristãos”, salientou Tadros, acrescentando: “Eles podem não querer exterminar completamente os cristãos, como o Estado Islâmico procurou fazer, mas mesmo os islamitas mais 'moderados' os governos veem os não-muçulmanos que vivem em terras de maioria muçulmana como súditos de segunda classe e não como cidadãos iguais”.  

À medida que os cristãos continuam a deixar Gaza, aproveitando um acordo mediado pelos EUA que permite pausas diárias de quatro horas na guerra para permitir a fuga de civis, há preocupações “se, a longo prazo, restará alguma comunidade cristã”, disse Tadros, um cristão copta que é o autor do relatório de 2013 livroPátria perdida: a busca egípcia e copta pela modernidade.

Filmon compartilha a mesma preocupação. “Rezo para que este lugar nunca se transforme num museu onde você vem e diz: Oh, Cristo viveu aqui”, disse o diretor da Sociedade Bíblica Palestina. comentou, acrescentando: “Mas ele não tem seguidores. Que pena!"

- Propaganda -

Mais do autor

- CONTEÚDO EXCLUSIVO -local_img
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -local_img
- Propaganda -

Deve ler

Artigos Mais Recentes

- Propaganda -