10.7 C
Bruxelas
Quinta-feira, abril 18, 2024
EuropaOs partidos políticos alemães se preparam para as eleições na UE em meio a desafios internos e...

Os partidos políticos alemães preparam-se para as eleições na UE em meio a desafios internos e preocupações mais amplas da UE

AVISO LEGAL: As informações e opiniões reproduzidas nos artigos são de responsabilidade de quem as expressa. Publicação em The European Times não significa automaticamente o endosso do ponto de vista, mas o direito de expressá-lo.

TRADUÇÕES DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE: Todos os artigos deste site são publicados em inglês. As versões traduzidas são feitas por meio de um processo automatizado conhecido como traduções neurais. Em caso de dúvida, consulte sempre o artigo original. Obrigado pela compreensão.

Central de notícias
Central de notíciashttps://europeantimes.news
The European Times Notícias visa cobrir notícias importantes para aumentar a conscientização dos cidadãos em toda a Europa geográfica.

Num momento da política alemã, o Partido Democrático Livre (FDP) e o Partido Social Democrata (SPD) uniram-se no domingo para finalizar as suas estratégias para as próximas eleições na União Europeia. As convenções partidárias foram marcadas por um sentido de urgência e um apelo à acção, uma vez que ambos os partidos enfrentaram números decrescentes nas sondagens e uma determinação partilhada de revigorar a participação dos eleitores.

Durante os congressos realizados em 28 de Janeiro, ambos os parceiros da coligação aprovaram oficialmente as suas plataformas eleitorais. Anunciou seus principais candidatos preparando o terreno para o que se espera ser uma corrida ferozmente competitiva. Chanceler Olaf Scholz, dirigindo-se à reunião do SPD, enfatizou a importância das próximas eleições, retratando-as como um campo de batalha contra a ascensão do populismo de direita na Alemanha e em toda a Europa.

Com um índice de aprovação actualmente de 13.5%, o SPD fez do combate às ideologias de direita um pilar central da sua campanha. Katarina Barley, uma política que anteriormente liderou os esforços do partido, nas eleições europeias de 2019 foi mais uma vez escolhida para liderar os esforços do SPD. Apesar das dificuldades enfrentadas no passado, onde o SPD sofreu reveses, o partido continua determinado a mudar a situação e a enfrentar a crescente influência das forças iliberais dentro da UE. Um crítico veemente das táticas do primeiro-ministro húngaro Victor Orbán é Barley.

Numa nota, o FDP, cujo apoio caiu abaixo do limiar crucial de 5%, está a fazer campanha com foco na redução da burocracia a nível da UE. Marie Agnes Strack Zimmermann, a sua candidata, criticou fortemente a administração da Presidente da Comissão, Ursula von der Leyen, por promover uma “loucura de burocracia” que dificulta a inovação. O FDP também destacou o alinhamento percebido de von der Leyen com as políticas, referindo-se a ela como “a presidente da Comissão Verde” com o objetivo de diferenciar a sua posição sobre a reforma regulatória.

Estas campanhas nacionais decorrem num cenário político na UE que enfrenta desafios significativos, incluindo uma relação tensa com a Hungria. Tanto o SPD como o FDP expressaram preocupações sobre o comportamento de Orbán e a forma como a Comissão Europeia lidou com esta situação. Em particular, há controvérsia em torno da decisão de descongelar os fundos da UE para a Hungria – uma medida vista por alguns como comprometedora do compromisso da UE com os valores democráticos.

À medida que os partidos políticos alemães aperfeiçoam as suas abordagens e reúnem os seus apoiantes, as próximas eleições na UE tornam-se um momento não apenas para enfrentar os obstáculos políticos internos, mas também para moldar o caminho futuro da União Europeia. Das reformas à salvaguarda dos valores democráticos, os resultados destas eleições terão, sem dúvida, consequências significativas para a posição da Alemanha, na Europa e para a direção geral da UE.

- Propaganda -

Mais do autor

- CONTEÚDO EXCLUSIVO -local_img
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -local_img
- Propaganda -

Deve ler

Artigos Mais Recentes

- Propaganda -