10.7 C
Bruxelas
Quinta-feira, abril 18, 2024
EuropaUrsula von der Leyen nomeada candidata principal do PPE para Comissão Europeia...

Ursula von der Leyen nomeada candidata principal do PPE à presidência da Comissão Europeia

AVISO LEGAL: As informações e opiniões reproduzidas nos artigos são de responsabilidade de quem as expressa. Publicação em The European Times não significa automaticamente o endosso do ponto de vista, mas o direito de expressá-lo.

TRADUÇÕES DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE: Todos os artigos deste site são publicados em inglês. As versões traduzidas são feitas por meio de um processo automatizado conhecido como traduções neurais. Em caso de dúvida, consulte sempre o artigo original. Obrigado pela compreensão.

Central de notícias
Central de notíciashttps://europeantimes.news
The European Times Notícias visa cobrir notícias importantes para aumentar a conscientização dos cidadãos em toda a Europa geográfica.

Num movimento decisivo no seio do Partido Popular Europeu (PPE), o período de apresentação das nomeações dos principais candidatos à Presidência do Comissão Europeia fechado hoje às 12h CET. O presidente do PPE, Manfred Weber, recebeu uma carta de nomeação singular da Christlich Demokratische Union (CDU, Alemanha), apresentando Ursula von der Leyen como candidato principal. Esta nomeação foi ainda reforçada pelo endosso de dois partidos membros do PPE, Platforma Obywatelska (PO, Polónia) e Nea Demokratia (ND, Grécia), solidificando a candidatura de von der Leyen.

As próximas etapas do processo de seleção, conforme descrito no “Procedimento e Cronograma de Candidaturas”, implicam uma revisão da nomeação na Assembleia Política do PPE agendada para 5 de março de 2024. Após a validação, a candidatura passará para uma votação crucial no Congresso do Partido em Bucareste, em 7 de março de 2024. Sem outros candidatos apresentados, todos os olhares estão voltados para os procedimentos internos do PPE, à medida que preparam o caminho para a seleção do seu principal candidato para o prestigiado papel da Presidência da Comissão Europeia. A nomeação de Ursula von der Leyen prepara o terreno para um momento significativo na política europeia, marcando um momento crucial no caminho para determinar a futura liderança da Comissão Europeia.

O processo de seleção dos principais candidatos à Presidência da Comissão Europeia, também conhecido como processo Spitzenkandidaten, ganhou destaque nas eleições para o Parlamento Europeu de 2014. Esta abordagem inovadora visava reforçar a legitimidade democrática da União Europeia, ligando directamente os resultados eleitorais à nomeação do Presidente da Comissão. O principal candidato do grupo político que assegura o maior número de assentos no Parlamento Europeu é tradicionalmente nomeado para a Presidência da Comissão, sujeito à aprovação do Conselho Europeu.

Embora o processo Spitzenkandidaten tenha enfrentado desafios e debates sobre a sua legitimidade e implementação, continua a ser um mecanismo significativo para envolver os cidadãos europeus na seleção do Presidente da Comissão. A nomeação de Ursula von der Leyen como principal candidata do PPE sublinha a relevância e a evolução contínuas deste processo na formação da futura liderança da União Europeia. À medida que o PPE avança nos seus procedimentos internos de revisão e votação, o resultado não só determinará o candidato do partido, mas também influenciará o panorama político mais amplo da Comissão Europeia.

- Propaganda -

Mais do autor

- CONTEÚDO EXCLUSIVO -local_img
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -local_img
- Propaganda -

Deve ler

Artigos Mais Recentes

- Propaganda -