15.5 C
Bruxelas
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Sobre bispos

AVISO LEGAL: As informações e opiniões reproduzidas nos artigos são de responsabilidade de quem as expressa. Publicação em The European Times não significa automaticamente o endosso do ponto de vista, mas o direito de expressá-lo.

TRADUÇÕES DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE: Todos os artigos deste site são publicados em inglês. As versões traduzidas são feitas por meio de um processo automatizado conhecido como traduções neurais. Em caso de dúvida, consulte sempre o artigo original. Obrigado pela compreensão.

Autor convidado
Autor convidado
Autor convidado publica artigos de colaboradores de todo o mundo

Por São Rev. Simeão, o Novo Teólogo,

De "Instrução com repreensão a todos: reis, bispos, padres, monges e leigos, dita e falada pela boca de Deus" (excerto)

…Bispos, chefes de diocese, entendam:

Você é a marca da Minha imagem.

Colocado, você fala diante de mim,

Você deve comparecer às assembléias dos justos.

Vocês são chamados de Meus discípulos,

Levando Minha imagem divina.

Mesmo sobre a pequena mesa comunitária

Que grande poder você obteve,

O que tenho do Pai, Deus a Palavra.

Eu sou Deus por natureza, mas encarnei

E eu me tornei um homem, mas em dois atos, vou

E em duas naturezas. Inseparável, não fundido.

Eu sou humano e Deus é perfeito.

Como homem eu te criei

Com as mãos para Me tocar e segurar.

Como Deus, sou inacessível para você

E indescritível para suas mãos mortais.

Sou invisível para os cegos de espírito,

Apesar de toda a matança – permaneci inacessível,

Deus e o homem em uma Hipóstase universal do Eu.

Entre os bispos há aqueles

Quem com sua sana ficou orgulhoso,

E eles se elevam acima dos outros,

Considerar todos como inúteis e inferiores.

Existem alguns bispos que

Eles estão muito longe da dignidade do seu estado.

Não estou falando daqueles onde

Palavras com ações, com vida são uma,

E suas vidas refletem o ensinamento e as palavras.

Mas eu digo muito sobre os bispos,

Cuja vida não combina com sua pregação

E que Meus terríveis segredos não conhecem,

E eles pensam que Meu pão de fogo eles sobem,

Mas o meu pão, na verdade, tão simples, eles desprezam,

E pão simples eles comem, mas Minha glória invisível,

É impossível vislumbrá-los.

Assim, poucos dos Meus bispos são dignos.

Há muitos que estão em posição elevada

E na aparência eles são humildes – mas com uma falsa,

Com uma humildade nojenta, estúpida e hipócrita.

Perseguindo apenas elogios humanos,

Eles me desprezam, Criador de todo o universo,

E como homem pobre sou – desprezado e rejeitado.

Eles consideram Meu corpo indigno,

Esforçando-se para subir acima de tudo, e eles não

As vestes da Minha graça que

Eles nunca adquiriram de forma alguma.

Eles entram corajosamente no Meu templo sem serem convidados,

Eles entram nas profundezas das mansões tácitas,

Que são indignos de serem vistos, mesmo de fora.

Mas eu misericordiosamente suporto sua falta de vergonha.

Ao entrar, falam comigo como se falassem com um amigo:

Eles querem você não como servos, mas como camaradas

Para se mostrarem – e ficarem ali sem medo.

Sem minha graça,

Eles prometem às pessoas orar por eles,

Embora culpado de muitos pecados,

Eles vestiram roupas brilhantes,

Mas eles parecem limpos apenas por fora.

Suas almas são mais sujas que a lama dos pântanos,

Eles são mais terríveis que o veneno mortal,

Vilões, justos apenas na aparência.

Como uma vez o traidor Judas,

Ele tomou de mim o pão e o comeu indignamente,

Como se este pão fosse a coisa mais comum,

E naquele momento “pelo pão” o diabo entrou nele,

Isso o transformou em um traidor descarado de Deus.

Um pérfido executor de sua vontade,

Escravo e servo de Judá sim.

Isso acontecerá sem saber com aqueles que

Que corajosamente, orgulhosamente e indignamente

Meus Mistérios Divinos tocam.

Especialmente os chefes das dioceses, das capitais,

Padres frequentemente

Antes da Comunhão eles têm a consciência cauterizada,

E então – já completamente condenado.

Entre em Minha Corte Divina com ousadia,

Eles ficam no altar descaradamente e conversam entre si,

Não me ver e não sentir nada

Minha inacessível glória divina.

Bem, se eles pudessem ver, eles não ousariam

Eles nem se atreveriam a agir assim

Entrar no vestíbulo de uma igreja ortodoxa.

...

Qual de nós, os sacerdotes, hoje

Primeiro ele se limpou dos vícios

E só então ele se atreveu a ser padre?

Quem poderia sem medo dizer,

Que ele desprezou a glória terrena e aceitou o sacerdócio

Apenas para a glória divina celestial?

Somente quem amou Cristo completamente,

E ouro e riquezas ele rejeitou?

Quem vive modestamente e se contenta com pouco?

E quem nunca se apropriou indevidamente?

Quem não sofre de consciência por suborno?

- Propaganda -

Mais do autor

- CONTEÚDO EXCLUSIVO -local_img
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -local_img
- Propaganda -

Deve ler

Artigos Mais Recentes

- Propaganda -