16.4 C
Bruxelas
Thursday, June 13, 2024
EconomiaO dono de uma rede de lojas de bebidas é o bilionário que mais cresce...

O dono de uma rede de lojas de bebidas é o bilionário que mais cresce na Rússia

AVISO LEGAL: As informações e opiniões reproduzidas nos artigos são de responsabilidade de quem as expressa. Publicação em The European Times não significa automaticamente o endosso do ponto de vista, mas o direito de expressá-lo.

TRADUÇÕES DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE: Todos os artigos deste site são publicados em inglês. As versões traduzidas são feitas por meio de um processo automatizado conhecido como traduções neurais. Em caso de dúvida, consulte sempre o artigo original. Obrigado pela compreensão.

O fundador da rede de lojas “Krasnoe & Beloe” (vermelha e branca), Sergey Studennikov, tornou-se o empresário russo que mais cresceu no ano passado, relata a Forbes. Durante o ano, o bilionário de 57 anos ficou 113% mais rico e agora sua fortuna é estimada em 3.2 bilhões de dólares.

O dono da rede varejista é o único russo que conseguiu dobrar seu capital depois que a demanda por álcool no país aumentou acentuadamente.

De acordo com o Serviço Federal para a Regulação dos Mercados de Álcool e Tabaco, no ano passado os russos compraram 229.5 milhões de decilitros (2.3 mil milhões de litros) de bebidas alcoólicas fortes – um volume recorde para todas as estatísticas. Em comparação com 2022, as vendas de álcool forte aumentaram 4.1%, ou quase 100 milhões de litros.

O segundo lugar na lista dos empresários que aumentaram sua riqueza de forma mais rápida e sensível é ocupado pelo ex-proprietário da Tubular Metallurgical Company (TMK) e do grupo “Sinara”, Dmitry Pumpyansky. Ele ficou 94% mais rico, seu capital atual é estimado em 3.3 bilhões de dólares.

Em terceiro lugar no ranking está o principal proprietário do grupo de investimentos “Região” Sergey Sudarikov, que ficou 80% mais rico (patrimônio líquido atual de 1.8 bilhão de dólares).

Em apenas um ano, 64 grandes empresários russos conseguiram aumentar a sua riqueza e, no total, ficaram mais ricos em 68.5 mil milhões de dólares, segundo a Forbes.

O número de bilionários em dólares na Rússia aumentou de 110 para 125 pessoas durante o ano. Este é o indicador mais alto de toda a história da lista dos empresários mais ricos do mundo. A riqueza total dos participantes russos na classificação aumentou 14% e totalizou 576.8 bilhões de dólares. 19 russos estão incluídos na lista pela primeira vez.

O líder do ranking é o fundador da “Lukoil” Vagit Alekperov, que enriqueceu 8.1 bilhões de dólares no ano. A fortuna total de Alekperov é estimada em US$ 28.6 bilhões.

Em segundo lugar na lista está o chefe da “Novatek” Leonid Mikhelson com uma fortuna de US$ 27.4 bilhões, e em terceiro está o principal acionista da NLMK Vladimir Lisin (US$ 26.6 bilhões). Em seguida, o chefe do conselho de administração da “Severstal” Alexey Mordashov (US$ 25.5 bilhões) e o presidente da “Norilsk Nickel” Vladimir Potanin com uma fortuna de US$ 23.7 bilhões.

Pelo menos sete bilionários russos renunciaram à cidadania russa no ano passado. Entre eles estão o ex-sócio de Usmanov, o bilionário Vasily Anisimov (US$ 1.6 bilhão), o fundador e principal proprietário da holding Freedom, Timur Turlov (US$ 2.4 bilhões), o fundador da empresa de investimentos Troika Dialog, Ruben Vardanyan (US$ 1.3 bilhão de dólares), o fundador da empresa de investimentos DST Global Yuri Milner (7.3 bilhões). Além disso, o fundador da Revolut Nikolai Storonsky (7.1 mil milhões de dólares), o fundador da empresa de energia Areti Igor Makarov (2.2 mil milhões de dólares) e o fundador do Grupo Tinkoff Oleg Tinkov (0.86 mil milhões de dólares, estimativa feita após a venda do banco Tinkoff).

Foto ilustrativa de Adrien Olichon: https://www.pexels.com/photo/liquor-bottle-lot-2537608/

- Propaganda -

Mais do autor

- CONTEÚDO EXCLUSIVO -local_img
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -local_img
- Propaganda -

Deve ler

Artigos Mais Recentes

- Propaganda -