12.3 C
Bruxelas
Sexta-feira, Maio 24, 2024
NotíciasSpaceX e Northrop Grumman trabalhando em um novo sistema de satélite espião dos EUA

SpaceX e Northrop Grumman trabalhando em um novo sistema de satélite espião dos EUA

AVISO LEGAL: As informações e opiniões reproduzidas nos artigos são de responsabilidade de quem as expressa. Publicação em The European Times não significa automaticamente o endosso do ponto de vista, mas o direito de expressá-lo.

TRADUÇÕES DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE: Todos os artigos deste site são publicados em inglês. As versões traduzidas são feitas por meio de um processo automatizado conhecido como traduções neurais. Em caso de dúvida, consulte sempre o artigo original. Obrigado pela compreensão.

Central de notícias
Central de notíciashttps://europeantimes.news
The European Times Notícias visa cobrir notícias importantes para aumentar a conscientização dos cidadãos em toda a Europa geográfica.

Empresa aeroespacial e de defesa Northrop Grumman está colaborando com a SpaceX, a empresa espacial liderada pelo empresário bilionário Elon Musk, em uma iniciativa confidencial de satélite espião que atualmente captura imagens de alta resolução da Terra, segundo fontes familiarizadas com o programa.

Este projeto visa reforçar a capacidade do governo dos EUA de monitorar alvos militares e de inteligência em órbitas baixas da Terra, oferecendo imagens detalhadas normalmente obtidas por drones e aeronaves de reconhecimento.

O envolvimento da Northrop Grumman, anteriormente não divulgado, reflecte os esforços governamentais para diversificar o envolvimento dos contratantes em programas de inteligência sensíveis, minimizando a dependência de uma única entidade controlada por um indivíduo.

De acordo com fontes internas, a Northrop Grumman está contribuindo com sensores para determinados satélites SpaceX, que serão testados nas instalações da Northrop Grumman antes da implantação. Aproximadamente 50 satélites SpaceX deverão passar por procedimentos, incluindo testes e instalação de sensores, nas instalações da Northrop Grumman nos próximos anos.

Fontes indicam que a SpaceX lançou cerca de uma dúzia de protótipos até o momento e já está entregando imagens de teste à NRO, a agência de inteligência responsável pelo desenvolvimento de satélites espiões dos EUA.

As capacidades de imagem da rede foram projetadas para superar significativamente a resolução dos sistemas de vigilância existentes do governo dos EUA. Além disso, a rede pretende dar resposta a uma preocupação premente: a dependência substancial de drones e aeronaves de reconhecimento para recolher imagens no espaço aéreo estrangeiro, o que representa riscos inerentes, especialmente em zonas de conflito. Ao transferir a recolha de imagens para a órbita da Terra, as autoridades norte-americanas procuram mitigar estes riscos.

Para a SpaceX, conhecida pelos seus rápidos lançamentos de foguetões reutilizáveis ​​e empreendimentos comerciais de satélites, este projecto marca o seu empreendimento inaugural em serviços de vigilância de inteligência, um domínio tradicionalmente dominado por agências governamentais e empreiteiros aeroespaciais estabelecidos.

Escrito por Alius Noreika

Lançamento de um foguete transportando satélites Starlink. Crédito da imagem: SpaceX via Flickr, licença CC BY-NC 2.0

- Propaganda -

Mais do autor

- CONTEÚDO EXCLUSIVO -local_img
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -local_img
- Propaganda -

Deve ler

Artigos Mais Recentes

- Propaganda -