18.9 C
Bruxelas
Domingo, junho 16, 2024
Meio AmbienteItália em guerra contra o turismo excessivo: Milão proíbe a venda de sorvete...

Itália em guerra contra o turismo excessivo: Milão proíbe a venda de sorvete e pizza depois da meia-noite

AVISO LEGAL: As informações e opiniões reproduzidas nos artigos são de responsabilidade de quem as expressa. Publicação em The European Times não significa automaticamente o endosso do ponto de vista, mas o direito de expressá-lo.

TRADUÇÕES DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE: Todos os artigos deste site são publicados em inglês. As versões traduzidas são feitas por meio de um processo automatizado conhecido como traduções neurais. Em caso de dúvida, consulte sempre o artigo original. Obrigado pela compreensão.

Depois de Veneza ter introduzido uma taxa de visitação e de Cinque Terre ter tornado as rotas turísticas da região num sentido único, agora outra cidade italiana está a entrar na batalha contra o excesso de turismo. Encontrar o melhor sorvete enquanto caminha pelas ruelas de Milão faz parte da experiência não só dos turistas, mas também dos moradores da capital da moda italiana. Mas em breve isso mudará.

No entanto, uma nova lei poderia pôr fim a esta tradição de longa data. Marco Granelli, vice-prefeito de segurança da cidade, anunciou recentemente planos para proibir a venda de comida e bebida para viagem depois da meia-noite para preservar a “paz” em 12 dos bairros mais movimentados da cidade, informou a CNN.

“Nosso objetivo é buscar o equilíbrio entre sociabilidade e entretenimento e paz e saúde dos moradores”, escreveu Grenelli nas redes sociais. Ele acrescentou: “Acreditamos na cidade viva, onde jovens e idosos têm espaços que podem partilhar juntos”.

A proibição, que a cidade afirma ser necessária para lidar com o ruído excessivo em áreas residenciais, também impedirá que os estabelecimentos sirvam comida e bebida ao ar livre entre 12h30 e 6h nos dias de semana e entre 1h30 e 6h nos dias de semana. finais de semana.

Os críticos dizem que a proibição vai contra a cultura italiana e pedem que a lei seja alterada. Se aprovada, a proibição entrará em vigor já no próximo mês e durará até novembro, após o término da movimentada temporada turística.

Milan’s gelaterias are known as some of the best in the world. According to Luca Finardi, general manager of the city’s Mandarin Oriental Hotel, Italians passionately debate which gelateria is the best in town.

“Todos nós temos pelo menos um que preferimos”, diz ele. Brera, o bairro artístico da cidade, e Garibaldi, conhecido por suas lojas sofisticadas, estão entre as 12 áreas da cidade que deverão ser controladas pelas novas regras.

Os demais bairros são: Nolo, Lazzareto, Melzo, Isola, Sarpi, Cesariano, Arco della Pace, Corso Como-Gae Aulenti, Tichinese e Darsena-Navigli.

Multa por comprar pizza

Para alguns, as sanções são um passo demasiado radical. Marco Barbieri, secretário-geral da filial de Milão da associação varejista italiana Confcommercio, disse à CNN que a proibição vai contra o “bom senso”.

“Se uma família italiana sair para comer pizza e depois quiser passear e tomar sorvete, será multada de acordo com esta portaria”, afirma. Ele aceita que alguns moradores fiquem incomodados com o barulho, mas acrescenta que há espaço para concessões, como manter parques e outros espaços abertos por mais tempo.

“Em Milão há muitos espaços perfeitos para 'movida' (festas) que não vão incomodar os moradores, deveriam abrir mais tarde e não fechar mais cedo”, afirma.

Barbieri também acha que meia-noite é cedo demais para interromper as vendas. Ele diz que a maioria dos jovens de Milão nem sequer pensa em sair para jantar antes das 10h, especialmente nas noites de verão.

O especialista está convencido de que a nova proposta será aceita, mas espera que seja de forma modificada. “Esperamos que eles retirem sorvete, água e pizza da lista. Deixe a proibição do álcool tarde da noite”, diz ele.

No entanto, uma mudança na lei não é garantida. Planos semelhantes para reforçar a proibição foram propostos pelas autoridades locais em 2013, mas tiveram de ser abandonados após uma reação pública significativa e a formação de um movimento de protesto chamado “Occupy Gelato”.

Não está claro se haverá o mesmo nível de resistência desta vez. Os moradores da cidade têm até a próxima semana para se pronunciarem sobre a nova proposta antes que o destino da caminhada noturna do sorvete seja finalmente decidido.

Foto ilustrativa da Muffin Creatives: https://www.pexels.com/photo/close-up-photo-of-person-holding-pizza-1653877/

- Propaganda -

Mais do autor

- CONTEÚDO EXCLUSIVO -local_img
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -local_img
- Propaganda -

Deve ler

Artigos Mais Recentes

- Propaganda -