5.6 C
Bruxelas
Domingo fevereiro 25, 2024
Direitos humanosUma mulher russa foi presa por uma fatia de caviar vermelho em...

Uma mulher russa foi presa por uma fatia de caviar vermelho na Praça Vermelha, em frente ao Kremlin

AVISO LEGAL: As informações e opiniões reproduzidas nos artigos são de responsabilidade de quem as expressa. Publicação em The European Times não significa automaticamente o endosso do ponto de vista, mas o direito de expressá-lo.

TRADUÇÕES DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE: Todos os artigos deste site são publicados em inglês. As versões traduzidas são feitas por meio de um processo automatizado conhecido como traduções neurais. Em caso de dúvida, consulte sempre o artigo original. Obrigado pela compreensão.

Uma mulher russa de 41 anos foi presa na Praça Vermelha de Moscou enquanto filmava um vídeo no Instagram dela mesma comendo um “enorme” sanduíche de caviar vermelho.

Gulina Nauman e sua amiga filmaram um vídeo para o Instagram, no qual uma russa, vestida com um clássico casaco de pele, arrasta em um carrinho uma caixa de 14 quilos de caviar. A mulher então se senta em frente aos muros do Kremlin, onde unta uma enorme fatia de pão com caviar vermelho, informou o The Moscow Times.

Os policiais próximos aparentemente consideraram o comportamento dos dois suspeito e detiveram Gulina e o homem que estava com ela. Os dois foram interrogados durante três horas antes de serem libertados sem acusação.

Nauman disse à estação de notícias MSK1.ru que seu plano era gravar um vídeo “estilo retrô” em um restaurante em Moscou, mas quando descobriu que o restaurante estava fechado, decidiu filmar a cena na Praça Vermelha.

“Aparentemente não é permitido atirar tanto caviar perto do Kremlin”, escreveu ela no aplicativo de mensagens Telegram. “A situação em nosso país proíbe ser chique”, acrescenta.

Foto: Instagram

- Propaganda -

Mais do autor

- CONTEÚDO EXCLUSIVO -local_img
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -local_img
- Propaganda -

Deve ler

Artigos Mais Recentes

- Propaganda -